terça-feira, 26 de agosto de 2008

Cheguei à conclusão que a azia é como os gatos. Apegam-se aos lugares.
Foi só voltar das férias que o pequeno voltou a assumir o seu estado de plena acidez.



Porque diabo alguns pais tratam os filhos por "você"? É totalmente alienante, se é que a palavra existe. Ou então estão os pais simplesmente a assumir o estatuto de realezas desconhecidas dos filhos.
Em todo o caso, é o hábito mais estúpido e arrogante que já vi na minha vida. E já vi coisas bastante esquisitas.
Mais bizarro ainda, porque diabo tratam esses filhos toda a gente por "você"? Parecem umas bonequinhas de porcelana setecentistas, você para cá, vossa senhoria para lá. Fico sempre à espera do vós.
Se calhar vou instituir o vós cá em casa.
Ya, é isso mesmo. Só para mostrar aos gajos do "você" que há quem faça melhor do que eles.

1 comentário:

Mesmoudi disse...

Como eu te compreendo... Se, para uma certa geração, tratou-se de uma questão de educação e de formação, na mesma dose do distanciamento e da frieza pais-filhos. Quanto a mim, actualmente não faz sentido... e só retrata isso mesmo: distanciamento e frieza... alienação, como dizes... um divórcio das funções/virtudes/qualidades/alegrias da maternidade e paternidade. Será por medo das obrigações/sacrifícios/sustos típico dos pais em relação às crias?