quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Curtíssima

Há anos que não sentia tantas saudades da minha mãe.

2 comentários:

Precis Almana disse...

Mais um abracinho. Forte, solidário, para dar força.

Melissinha disse...

Obrigada, Precis :)