quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

É a literatura, camarada! Parte III

São os meus posts menos populares de sempre, e estão a dar-me um gozo bestial.
Paul's Case, de Willa Cather. Porque nós gostamos do Paul desde o começo, e não o vamos abandonar. Porque a última frase é arrebatadora. E porque este conto é um avozinho do meu muito querido Catcher in the Rye.
(Ah e tal só lês coisas de ianques? Neste momento, nem isso, infelizmente. Só leio coisas muito rápidas e fáceis. Mas houve um tempo diferente. E sim, praticamente só lia literatura americana (e alguma inglesa) e sim, praticamente só lia contos. Adoro contos, são excelentes para pessoas com o meu nível de concentrabilidade, que é palavra que não existe e faz falta.)

3 comentários:

Ginguba disse...

Eu gosto deste teu "serviço publico" Ainda não os li porque não gosto de lêr no monitor, tenho que imprimir e depois é que leio! Este autor não conheço por isso vai ser o 1º que vou lêr. Por isso e porque adorei o Uma Agulha no Palheiro! Se é o avôzinho, quero conhecer!
Depois digo se gostei dos contos!
Boa Melissa!

Ginguba disse...

Ah! E também gostei da palavra concentrabilidade. :)
A mim falta-me um bocadinho e portanto lêr no meu Inglês enferrujadíssimo vai ser um desafio!

Melissinha disse...

:) que bom, mais uma adepta!
Espero que gostes, Ginguba. São contos relativamente simples, muito limpos. Acho que não vais ter dificuldade.
Depois diz coisas!