sábado, 15 de agosto de 2009

O fim da busca pela fruta perfeita

And the winner is...

CLARO que tinha de ser a fruta menos ergonómica, mais mastodôntica, contranatura, sofredora-de-gigantismo e quase-impossível-de-trazer-da-praça, ou não fosse o menino um Lyra.

6 comentários:

Ginguba disse...

Não é asim tão complicado! Costuma-se poder comprar às metades ou aos quartos!
E é mesmo bom! O puto tem bom gosto!
:D

Mafalda disse...

cá em casa, mais do que melancia é mesmo o melão... e olha que também não dá jeitinho nenhum! os 'cabecinhas achatadas' até nisso são parecidos ;) *
uns génios estes nossos filhos, un génios ;)

Melissinha disse...

Como é que os japoneses ainda não inventaram melancias e melões portáteis?
I wonder.

Melissinha disse...

Ginguba, mesmo um quarto de melancia pesa 25 kgs.

Ana C. disse...

A melancia não é quase toda água? Dá-lhe um copinho de água.
Agora a sério, nos supermecados há melancia já cortadinha e maneirinha.
O Gabriel sabe bem escolher a melhor fruta para o calor ;)

Melissinha disse...

A cena é que fruta cortada perde muitas propriedades.
Mas pelo que vi hoje, foi sol de pouca dura.