domingo, 20 de novembro de 2011

E o tempo levou

Eu e o Hugo começámos a namorar no começo de 2002. Desde então, deixámos de usar:

- discmen;
- máquinas fotográficas de rolo;
- mapas de estrada;
- disquetes (já nem me lembro de como se escreve);
- VHS (esta teimei um pouco, mas o Hugo lembrou-me de que fui com ele comprar o seu primeiro leitor de DVD, e é verdade).

Não me lembro de nada que tenha deixado de usar entre 1992 e 2002. Até cassetes eu usei até mais tarde.
E estou curiosa sobre o que terá ficado para trás ao chegarmos a 2022.

4 comentários:

Joanissima disse...

grande grande post, Mel!!
Nunca tinha pensado nisto mas, caraças, é bem verdade.
chega a ser um nadinha spooky!!!

Ana C. disse...

Tu também tens o Nuno Markl dentro do teu interior de ti mesma no inside :)
Vou fazer este exercício, apesar de ter quase a certeza absoluta que o discmen já era nessa altura da minha vida.
Também comprei o meu primeiro leitor de dvd com o Hugo.
Que ideia de génio :)

Naná disse...

Eu ainda tenho a acrescentar o walkman, que foi subsituído pelo discmen que foi substituído pelo leitor de Mp3...
A máquina analógica deu lugar à digital.
Só a TV é que ainda é como antes... ainda não deu lugar ao LCD nem ao plasma...

Melissinha disse...

A TV daqui ainda é um frigorífico, também.