quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Uma vez disse aqui, em resposta àqueles desafios "so 2009", que o meu dinossauro seria o culpossauro. O Culpossaurus Rex, aliás, bicho carnívoro comedor de consciências. Não conheço ninguém que sinta culpa com a facilidade que eu sinto. Qualquer coisa que saia do equilíbrio normal das coisas é porque fiz merda. Acho que sou assim por detestar absolutamente o extremo oposto, a tendência que a maioria das pessoas tem para achar que os outros é que estão mal sempre.

Pois bem, era só para comunicar aqui, em direto, que o Culpossaurus Rex morrerá de inanição nos próximos dias.

Sabem porquê?
Porque estou a chegar à conclusão sincera e ponderada de que sou do caraças.

E quem não gostar não é porque tem mau gosto, porque isso seria achar que os outros é que estão mal. Mas também não é comigo.

4 comentários:

Ginguba disse...

:) Convencida!

E a culpa de seres assim é minha: Não te estou sempre a dizer que és a minha blogger favorita?

(O irmão do teu culpossauros vive comigo)

Melissinha disse...

Ginguba, alegras o meu dia sempre que apareces! :)

Quanto ao culpossauro, funciona como os demais bichos: basta não alimentar.

gralha disse...

Só contribuo para o teu convencidismo se desatares a mandar selinhos de 'eu também sou do caraças' a todos os bloggers fixes.

Melissinha disse...

hahhaha sou tão do caraças que arranjei o meu próprio selo de awesomeness. Mas é meu, podes tirar daí a ideia.