sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Preciso de dinheiro

Lembram-se da Cecília?
Pois é, falha grande da minha parte não vos ter atualizado, mas a Cecília teve a enorme sorte de encontrar, numa das irmãs, uma dadora compatível. O mais difícil realizou-se.

E agora, numa kafkiana reviravolta do destino, o que a Cecília não tem é TEMPO para permanecer na fila do SNS brasileiro. Para viver, a Cecília tem de sair da fila do sistema público e de ir para o particular. E, para isso, precisa de dinheiro - a saúde privada no Brasil consegue ser mais cara do que a de cá, pois é um sistema totalmente pensado para os seguros de saúde. 

A Cecília tem muito pouco tempo para fazer este transplante. Muito pouco tempo. 

Portanto, ao contrário da maioria dos leucêmicos, aqui falta mesmo o mais fácil, onde todos nós podemos ajudar. Por favor, não se acanhem de dar um euro. Para ela, será tão heróico como dar a medula. 

Aqui está o meu NIB: 00100000 3677 1660 0019 8. Ponho-o aqui porque consigo transferir para o Brasil sem pagar taxas, que são bem salgadas. E, claro, estou disponível para qualquer informação adicional de que precisem.


Este é o grupo do Facebook, para quem quiser conhecer melhor a pequena - é impressionante como esta miúda luta desde que estava na barriga. Não é justo que a guerra termine por aqui e por causa de dinheiro. 

Sejamos a cavalaria desta vez, pessoal. 

Desculpem a brutalidade do título do post, mas achei que seria eficiente para vos chamar a atenção nos readers e afins. 

E desculpem também os 24 tamanhos e tipos de letra diferentes do post: acreditem, eu tentei uniformizar.


... E desculpem também não ir pelos óbvios lamechismos do "e se fosse com o vosso filho ou sobrinho ou filho de uma grande amiga", porque é a primeira coisa que nos ocorre sempre, acho mesmo desnecessário. E sei que não me conhecem mais gorda (haha) e que é provável que, no atual contexto do país, já estejam a ajudar outras pessoas e não tenham disponibilidade nenhuma. Enfim, nem sei bem o que estou a dizer, pois nunca fiz isto na minha vida e, como podem ver, não tenho jeitinho nenhum para pedir. E revendo o que escrevi acima, acho que não comecei pelas palavras mágicas: Por favor. Por favor, ajudem-me a ajudar a Cecília. Se um dia precisarem da minha ajuda e estiver ao meu alcance, saibam que vão poder contar comigo).

8 comentários:

c disse...

Contribuí e partilhei...
Não deveria existir uma situação assim, em que está lá tudo para salvar uma criança, menos o dinheiro. Apetece desatar a dizer asneiras.
Não conheço a Cecília, mas - Obrigada Melissa.

Melissinha disse...

Muito obrigada, C! É uma situação surreal, mesmo.

Sofia e Beatriz disse...

Hoje mesmo, vou tratar e ajudar Cecília.
Bjos !!!

Luísa disse...

Partilhei e transferi.
Bjs

mena disse...

olá,
pode dar-me o seu mail? gostaria de fazer uma transferência, mas quero ter a certeza de que a mesma chega e para isso precisamos de comunicar de alguma forma :).
filomenal@gmail.com

Mary QA disse...

Melissa, fiz transferência, mas queria o teu email para que a possas identificar.

quase.adultos.blog@gmail.com

Mariinha disse...

Melissinha, quero ajudar a Cecília vi aqui que pode ser para a sua conta, amanhã segunda feira vou tratar de fazer uma transferência, já que é mais fácil para si enviar depois para lá sem custos.

Abraço

Melissinha disse...

Isso,mariinha!obrigada!