sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Interlúdio depressivo

Mais um segredo:
Às vezes sou invadida por uma angústia tremenda, que vem varrendo tudo e matando tudo, e é algo físico, algo que me tira o fôlego e que me afoga, e que me abre um buraco cá dentro, isto tudo sem qualquer motivo explicável ou qualquer motivo à superfície.
Dura algumas horas e é tenebroso.

8 comentários:

Katzie disse...

Tenho dessas também! Ultimamente, bem mais do que gostaria...mas passa! O que vale é que passa e enquanto passar...

Márcia disse...

Eu entro em modo depressivo e chocolate-dependente 1 semana antes da mestruação.

TPM é um desgaste!!!

Será que não são as hormonas loucas por ai tb?

Beijos grandes,
Márcia

Melissinha disse...

Espero que sim, que seja hormonal...

Precis Almana disse...

O tempo também não ajuda nada... Há quanto tempo não há sol que se veja? :-(

Olga disse...

Com exercício físico, isso passa!

Ginguba disse...

Ui, Melissa!
Sei o que isso é, mas não sei explicar. Às vezes acho que me falta um químico qualquer. E choro rios e depois fico fula comigo porque não tenho motivos para chorar...É tenebroso mesmo!

Ana. disse...

Mel, hormonal ou não, a verdade é que o facto de estarmos sempre fechadas em casa também propicia estas paranóias da cabeça sentidas pelo corpo.
E é tudo muito real.
Quem se atrever a dizer que a tristeza ocasional que nos inavde não dói está a ser insensível e perfeitamente obtuso.
Podemos ter tudo o que precisamos (nunca conseguimos ter tudo o que queremos), mas mesmo assim a angústia de que falas é quase palpável... Sufoca, comprime o peito e apaga tudo o resto.

Mas passa. Passa sempre.

;)

Melissinha disse...

:) lindas. Passou.