segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Precisamos de ajuda

Depois de quase um ano à espera de um milagre, reconhecemos que não basta esperar, temos de fazer alguma coisa sobre as noites do Gabriel. Ele nunca deu noites boas, do tipo 00h-07h00, mas agora alguma coisa mudou e está um pouco pior. Acorda aos berros a meio da madrugada e só acalma com um grande biberão de papa. Antes que perguntem, sim, ele come bem durante o dia e não, ele não acalma só com festinhas no berço.
Por isso, estamos abertos a ideias, métodos e até a algum pediatra/especialista que entenda disso e possa ajudar-nos, porque estamos a chegar a um nível de cansaço crónico que nos rouba o bem-estar durante o dia.
Brainstorming, meninas e meninos, please. Estes zombies agradecem.

29 comentários:

Ana C. disse...

Fala com ele e pergunta-lhe porque é que ele acorda a meio da noite.
Achas sinceramente que se alguém soubesse a resposta já não estava rico?????
O melhor é falares com o pediatra dele...
Unica dica provavelmente já seguida por ti:
Já lhe deste um biberon gigante de papa antes de ires dormir? Assim ficas mesmo a saber se é de fome que acorda, ou não...

manue disse...

Olá. Bom, como tu sabes, eu faço parte do mesmo clube do que tu, pa...is de bébés que dormem pouco, portanto nao posso "ajudar" muito mas sei do que estás a falar. Nao sei se te interessa os livros da babywhisperer? tenho dois posso te emprestar, gosto muito da ler e dá ideias práticas.
O meu melhorou substancialmente quando entrou na creche porque vinha cansado e passou a dormir melhor, mas sempre a acordar várias vezes na mesma.
No entanto, de momento posso te dizer que estamos todos a dormir bem, e ele dorme as noites todas...com um "método" com o qual não concordo eu própria, mas que pela força das circunstâncias (precisar de dormir e mais nada), viemos a adoptar: ele dorme connosco. Adormece e acorda todo contente, e nós dormimos a noite toda, e o resto que se lixe.

Melissinha disse...

Ele come um biberão à meia noite e outro às três. Fora isso, vai acordando. O nosso pediatra desvaloriza, obviamente, não é ele que não dorme.

Manue, nós passamo-lo para a nossa cama às 06h, na última crise de choro da noite. Ele dorme um bocadinho, mas nada de jeito. Vou ver se a Carla/net têm o episódio da babywhisperer que diz respeito ao sono, a ver se resulta.

Pekala disse...

pode ser só uma fase má,houve mudanças grandes na rotina dele?o meu volta e meia ainda acorda e eu faço o que não se deve fazer,por volta das 4 da manhã espeto-o na nossa cama,que se dane,quero é dormir!

Luisa disse...

Não tenho solução mas tenho umas perguntas: quantas vezes é que o Gabriel dorme de dia? A que horas é que ele vai para a caminha à noite?
Eu sugeria diminuir as horas de sono durante o dia e deitá-lo um pouco mais tarde à noite.

Boa sorte!

Supertatas disse...

eu tentava apenas uma sesta durante o dia e ir para a cama mais tarde
dar mais proteínas durante o dia, refeiçoes completas de sopa, prato principal e fruta ao almoço e jantar

S. disse...

Mel
Estou de acordo com a Tatas. Provavelmente ele não descansa porque não está satisfeito. O que é que lhe dás ao jantar? Há miudos que já não se contentam com o peixe ou carne desfeitos na sopa e que precisam de algo mais substancial.
Por outro lado e isto é um bocadinho duro, se calhar há aí um choro (o das 3) que devias tentar ignorar. Ele já não tem idade para beber leite à meia noite e acordar tres horas mais tarde.
O meu sobrinho, que é uma bola como o Gabriel e come mais que o meu filho, a partir dos nove meses comia sopa e prato (tipo peixe com batata cozida) e fruta e uma hora ou hora e meia mais tarde bebia 280 ml de leite e ficava (e fica ainda) toda a noite a dormir.
Não sei mais o que te diga. os stresses que tie com o manel para dormir foram sempre relacionados com o início do sono e não com a continuidade (felizmente dorme há muito tempo 11 ou 12 horas seguidas). Qualquer coisa que precises, manda-me um email.
beijo

Melissinha disse...

Pois, eu disse que ele comia bem, mas na verdade não come. Come muito pouco ao jantar - e não há hipótese de comer mais, não conseguimos (disse que comia bem porque come o que lhe põem à frente, não mais) à meia noite, come um biberão, e depois acorda esganado. Já tentámos ignorar e depois de 15 minutos ele continuava aos berros.
Ele odeia comer - o acto. Fica stressadíssimo. Agora estou aqui a pensar, se calhar começo a dar-lhe pequenas porções mais vezes, a ver o que acontece.
Também seria fantástico que ele dormisse mais tarde, mas às 20h ele simplesmente cai para o lado. Não adianta tentar nada, ele dorme sentado.
Obrigada pelas dicas, vou tentando de tudo um pouco, continuai!

Marina disse...

Sinceramente não sei que te conselho dar, pois não conheço a rotina diária dele... O meu só começou a dormir noites completas por volta dos 9-10 meses, nessa altura fazia também uma sesta de manhã e outra à tarde. Ah, quando digo noites completas quero dizer das 23h às 7h, por exemplo. Depois melhorou e hoje dorme das 21h às 10h! :) Insiste com o pediatra, ou tenta outro, sei lá... Experimenta o método estivill, talvez... Connosco funcionou. Beijo e espero que a coisa melhore! ;)

Melissinha disse...

Olha, já me tinha esquecido desse senhor. Obrigada, Marina!

Melissinha disse...

Acho que o método stivill diz respeito ao início do sono - e com isso eu não tenho problemas, ele adormece profundamente às 20h para acordar às 02 ou 03.

Pekala disse...

o método estivill é para o ínicio do sono e é cruel.ponto.

Melissinha disse...

Pelo que tenho visto, não existe método suave para os habituar a dormir sozinhos, todos eles levam com a sua dose de abandono ao princípio. Para mim, o problema desses métodos é o meu marido, que é pouquíssimo resistente ao choro. Eu topo qualquer coisa com resultados, porque não estou preocupada só comigo, mas também com os ciclos de sono deste pequeno, que, tenho reparado, anda a dormir pelas tabelas durante o dia.

Pekala disse...

claro que não existe método suave mas acho cruel a teoria desse senhor,deixá-los chorar determinados períodos pré-estipulados como se fossem robots,com se cada criança não fosse uma pessoa única,como se fossem meras máquinas,é claro que acaba por resultar mas à custa de quê?eles cheios de inseguranças e nós cheios de remorsos,nã nã,eu tbm era pouco resistente ao choro mas é bem mais importante eles sentirem-se acarinhados e seguros e saberem que estamos lá pra eles.desculpa o testamento mas esse estivillzeco irrita-me mesmo!
devias experimentar o que disséste no comentário anterior,dar-lhe menos porções de cada vez,se calhar é isso mesmo,espaçar o acto!

Melissinha disse...

Pekala, neste momento, se me indicarem uma reza braba, eu tento. Tá valendo tudo! :)

Pekala disse...

esta noite enquanto o Hugo lhe dá a papa ajoelha-te à frente do Gabi a orar.ele vai ficar de boca aberta e é só enfiar a papinha:D

Maria João disse...

olá. Olha sinceramente não vim comentar pa ajudar, porque não sei como o fazer. Estive sim a ler todos os comentários pa ver se me ajudavam a mim. A minha filha faz agora 9 meses e acorda 2 ou 3 vezes por noite. Seja com fome, com isto ou aquilo a verdade é que acorda. O pediatra diz que não é fome, que é "socializar"; não vou nessa´, é mesmo fome. Soluções: todas as que disseste deves experimentar. O que eu acho? Só com o tempo é que irá passar. Não consegues que o Gabriel faça uma sesta tipo às 18h?? Depois jantar e banho?? Concerteza acordaria na mesma, mas mais tarde o que daria para vocês descansarem um pouco mais. É complicado arranjar estrategias pois os hábitos e as pessoas são todas diferentes.
Mas acho que vou andar muito tempo com esse "problema" também.
Boa sorte:)

Patrícia disse...

A carocha ate pode não domir durante o dia que há noite quer é ramboia, ainda agora dormia que nem uma anjinha e são 22.15 e a safada acordou e está mais esperta que um alho, agora vai ser até à uma da manhã e depois ainda tem a LATA de acordar a meio da noite para a malta lá ir ou então deseperados de sono acabamos por a levar para a nossa cama e ela assim dorme ferrada, fomos vencidos pelo cansaço

S. disse...

Estive a rever o meu blog e precisamente nessa idade o Manel teve este problema que estás a passar, talvez não tenha sido de forma acentuada.
Depois, tal como aconteceu, deixou de acontecer.
Às vezes são "saltos de crescimento", necessidade de se afirmar ou requerer atenção ou tentar proezas que aprenderam durante o dia. Ele está no máximo agora, é quando começam as gracinhas, a interacção, o gatinhar, o tentar andar. É muita coisa junta que o leva provavelmente a não conciliar o sono.

Julia disse...

Aqui com 14 meses ainda acordam muitas vezes à noite. Os estudos dizem que pelo menos 50% das crianças ainda acordam com 2 anos de idade e até os 6 ou 7 anos ainda há uma porcentagem que precisa dos pais para voltar a adormecer quando acordam durante a noite. Também já li que, independentemente do método utilizado, a porcentagem de crianças que ainda acordava à noite com 1 ano de idade é sempre a mesma. É normal.

Tirar o sono de dia provavelmente vai piorar o problema, deixa-o mais agitado. Nessa idade, são necessárias de duas a quatro horas de sono durante o dia.

Há algumas crianças com quem os métodos de largar chorando funcionam, mas outras não. Vão chorar até vomitar por um mês seguido se você agüentar, mas não vão dormir. Em algumas pode levar à depressão. Eu estou com a Pekala, acho um abuso. Jamais faria isso com um adulto, muito menos a um bebê.

Tem o livro da Pantley, Soluções para Noites sem Choro (The No Cry Sleep Solution). Muitas idéias qe podem pelo menos amenizar o problema.

Mas no geral, acho que não tem jeito senão adaptar-se mesmo.

Precis Almana disse...

melissinha
Sugestões de quem não é mãe mas respeita muito quem é e já ouvi e leu e presenciou mais de uma dezena de maternidades:
- nunca habituar a dormir com vocês. os seres humanos são animais de hábitos e daqui a uns tempos estás a chorar por teres uma criança de anos na tua cama; não lhe faz bem a ele e não faz bem a vocês enquanto casal e como pessoas;
- dar menos comida pesada à noite, dividires mais - como já sugeriste;
- o leite que dás à meia-noite não estará a fazer-lhe algum mal? Haverá algum componente que lhe esteja a fazer mal? E trocares e em vez do leite da meia-noite, dares-lhe papa?
- leres o Spock ou o brazelton (não se é assim que se escreve), para veres o que ele diz;
- dares banho com gel de banho de alfazema que na aromaterapia é calmante, há próprio para bebés - isto, se deres banho à noite.

Melissinha disse...

Bem, por causa da conjuntivite e tosse, o bebé foi hoje ao médico, e constatámos que está muito magrinho. Por isso, para já, a prioridade é engordar, ou seja, nada de desmame nocturno. É midnight snack e 4am-snack, até voltar a encher as peles (não ganha peso há quase 3 meses.)
Raios partam, pá.

Melissinha disse...

O teu comment faz todo o sentido, Sara, obrigada.

Pekala disse...

paciência e sentido de humor acima de tudo,tal como todas as fases esta também irá passar...as melhoras do Gabi!

Melissinha disse...

Júlia, vou já procurar o livro. Gosto de livros, já me ajudaram muito.

Precis, obrigada. O dormir connosco não resulta bem como para outras crianças, porque ele adora o canto dele. Todas nós sabemos que é nocivo, mas depois de meses em semivigília, acredita que fazemos qualquer coisa para dormir. Sono é pior que fome, nunca vi nada igual.
Vou pôr-lhe alfazema no banho, a ver se acontece alguma coisa.

Marina disse...

Só voltei para dizer que eu e muita gente não acha o método estivill cruel, não se trata de deixar o bebé chorar até à exaustão, pelo contrário. E ajuda no início do sono mas também se ele acordar durante a noite saberá como voltar a adormecer sozinho. Com o meu filho resultou e não lhe acho nenhuma insegurança nem lhe causou nada ruim. É óbvio que o método não funciona com todas as crianças pois as crianças não são todas iguais, mas porque não experimentar?! ;)

Pekala disse...

Olá Marina,é precisamente por ter experimentado o método que o acho cruel,o meu filho chorou quase até sufocar e não aguentei.Experimentei tbm em desespero de causa,depois de noites e noites em claro e parti pra coisa um bocado apreensiva porque lembro-me que quando li o livro engoli em seco com as sugestões dele mas jurei pra nunca mais...continuo a achar cruel mas se os pais quiserem experimentar não acho mal desde que tenham a sensibilidade necessária pra entender à primeira se vai resultar.Se com o teu filho resultou acho óptimo mas com o meu seria de todo impossível...quando ele era bébé cheguei a ligar várias vezes pra Saúde 24 a pedir ajuda porque ele chorava até ficar rouco e roxo,ainda hoje não percebi porquê mas depois passou e hoje dorme lindamente fora um ou outro pesadelo normais.limitei-me a seguir o meu instinto e a dar colinho e muito mimo aos molhos.e isso também não fez dele um ser dependente,bem pelo contrário:D

We Are Not Tyical - WANT disse...

olá,

as noites por aí estão melhores e o menino está a engordar?

se isso começou no inverno pode ser falta de sol, ou seja, falta de vitamina D. Geralmente quando eles acordam durante a noite a abanarem-se todos é falta de vit D. Podes dar duas gotas de vigantol todos os dias ou óleo de fígado de bacalhau mas vê com o pediatra.

como alguém disse nos comentários, será que o leite lhe está a fazer mal? Se já beber leite de vaca experimenta um que não tenha lactose.

eu sou pela cama partilhada com os bebés até que eles queiram sair por vontade própria e conhços muitos pais com quem isso aconteceu sem crises nem complicações. Tenho uma perspectiva muito diferente da vossa em relação a isso. É engraçado como somos todas diferentes.

beijinhos

arleqvino disse...

..um filme de mortos-vivos por noite pode fazer maravilhas, tendo em conta que o fará compreender melhor os progenitores..