terça-feira, 14 de setembro de 2010

Volta e meia vamos lá

O anel que tu me deste era vidro e se quebrou;
O amor que tu me tinhas era pouco e se acabou!


Não, não se acabou nada. Mas volta e meia, vamos mesmo lá: noites de mau dormir. Acordar aos berros, sossegar com comida, vir para a cama dos pais. Choramingo.

Decidi não maldizer mais este cromo que me saiu e tentar controlar as crises depressivas das três da manhã quando tenho de acordar e embalar um bebé a esgoelar-se. A prioridade é dormir bem, e não educá-lo a ser independente aos 18 meses (pois, isso mudou, também). Se dormir bem requer um co-sleeping básico e involuntário, habituar-nos-emos.

Chega de drama, chega de queixume. Vamos mas é dormir.

(E agradeço aqui publicamente à Andie por me ter arranjado o Besame Mucho em português, as primeiras páginas trouxeram-me grande alívio).

10 comentários:

Maria João disse...

Tenho mesmo de ler esse livro. Sabes onde posso arranjar a versão em Português?? É que Espanhol pa mim...

Sincermente, agora, já não me posso queixar das noites. Não dorme a noite toda, mas dorme muitas horas mesmo acordando várias vezes. Tem vindo para a nossa cama por alguns periodos, coisa que antes não acontecia; nunca gostou. Mas tou como tu, não interessa como se dorme, o que importa é que se durma.
Bjinhos

Melissinha disse...

Olá, Maria João, procurei no teu blog um contacto e não encontrei. Manda-me o teu mail que te mando o livro!

Supertatas disse...

tb cheguei a essa conclusão há ano e meio, e caguei e trouxe-o p minha cama, da qual ainda não saiu!
mas dormimos bem? sim, sem dúvida, nos fds até ao meio dia e tudo :)

Ana C. disse...

Se durante uma noite de berreiro non-stop, depois de muitas outras noites iguais, me viessem dizer que a única coisa que calava o bebé não se devia fazer, levavam com uma marreta na tromba.
Se tivesse que pendurá-lo a ele e a mim num galho de cabeça para baixo para que ele dormisse uma mísera horita, podes crer que pendurava.

Maria disse...

Cá em casa somos fãs do co-sleeping!

:)

Sofia disse...

Devo confessar-te que o Miguel só começou a dormir connosco quando saiu da cama de grades.
E todas as noites a história é a mesma, acorda de madrugada a chorar, bebe leitinho e vem para a nossa cama.
É bom ser assim, sei lá quando chega o dia em que os pais passam para segundo plano...
Bjinhos

gralha disse...

E já é muito bom que ele durma bem na vossa cama. Se não dormisse em lado nenhum é que era pior.

sofia disse...

Oh... e será que eu tb posso pedir isso em português?!....
Não tanto por mim, que sou adepta, porque o importante é todos descansarem, seja como ou onde for
Mas o pai cá de casa acha que não pode ser, que ela habitua-se e coisa e tal... blábláblá... enquanto ele dorme e eu fico, às vezes, mais de 1 hora com ela!

A mãe que capotou disse...

Eu pedi ao pai natal uma cama King Size.

Melissinha disse...

Na verdade o livro não é sobre co-sleeping, mas sim, sobre educação com amor.
Quem quiser que deixe aqui o email!