domingo, 19 de junho de 2011

Uma qualidade do meu marido que muito admiro e cobiço

É a capacidade de reagir rapidamente às situações desagradáveis, em todas as esferas da sua vida. Se o chefe lhe ralha injustamente, ele, em vez de passar uma semana a geminar alegremente uma úlcera, como eu, consegue chamá-lo a um canto e dizer-lhe assertivamente tudo o que pensa. Quando não gosta de alguma coisa, manifesta-o (ou manifesta-se) mesmo estando em absoluta minoria.

O Hugo age prontamente de acordo com a sua consciência, enquanto eu passo por umas cinquenta etapas até chegar a algo remotamente parecido com uma resposta à altura - primeiro acuso o golpe, depois ofendo-me ou fico indignada, depois ensaio respostas, depois ensaio respostas ainda melhores e, se um dia dou resposta, vai ser uma coisa completamente fora de proporção e totalmente emotiva. As poucas vezes que aconteceu, fiquei com a leve impressão de ter deixado a leve impressão de ser louca.

Está bem, faz parte do meu show. Mas adoraria ser um bocadinho mais rápida no gatilho, às vezes.

5 comentários:

Ana C. disse...

Infelizmente, sou como tu...
Mas nem sempre ser rápido no gatilho é uma vantagem. Tudo depende de quem está do outro lado do gatilho. Às vezes é bom arrefecermos as ideias antes de dispararmos. Não quero dizer com isto que cozinhemos as ideias até elas ficarem carbonizadas e em chamas, quero dizer, arrefecê-las mesmo :)

Melissinha disse...

A cena é que o Hugo consegue ser absolutamente assertivo. Um gentleman. E acho que isso tem muito que vem com não deixar a coisa assumir mais proporções do que as que já tem...
É um homem ponderado, pronto.

Tella disse...

Um dai, qdo for crescida, hei-de ser coo o teu marido.
Eu tb sou como tu. Ensaio mil respostas que nunca chegam a sair da minha cabeça! Quando saem, não soam a nada!

Sofia e Beatriz disse...

Eu sou como o Hugo, nem conseguiria ser de outra forma. Não consigo " remoer" as coisas. As poucas vezes que o fiz, não dormi...

Melissinha disse...

O que acho mais fantástico é que não são só respostas a outros, mas atitudes quando acha que não está bem. Ele simplesmente sai, ou muda de sítio, ou seja o que for, independente da maioria. Faz sempre o que acha que está correcto.

Acho brilhante. Mesmo.