terça-feira, 4 de outubro de 2011

da rubrica "cenas baratas ou baratíssimas que curto"

Já que só tenho tempo para este blog, trago o meu de low cost para cá.

Ora bem, aqui fica a primeira cena barata ou baratíssima que curto:

cadeiras de massagem dos centros comerciais - um euro por oito minutos de castigo nas costas! Tão bom! Constrangedor porém muito bom. É a coisa mais íntima que me apanham a fazer em público (não esperem ver-me a livrar-me de pilosidades faciais no meio de um shopping), porque, caramba, um eurito por oito minutos de rom rom rom? SIM. SIM.

4 comentários:

Ana C. disse...

Quando estive no Algarve, havia malta a fazer uma terapia qualquer com os pés dentro de um aquário cheio de peixes, no meio do shopping.
Pensei que ninguém se sentava nas cadeiras das massagens, estão sempre vazias :)

Melissinha disse...

As pessoas deixaram de entender a fina linha que separa o público do privado! Qualquer dia aparecem a depilar a virilha com a baliza virada para a HM.

gralha disse...

Realmente é barato. Mas não gosto que desconhecidos me toquem nem por um euro nem por cem. Manias!

Melissinha disse...

é uma cadeira!