domingo, 31 de julho de 2011

Três anos

Este espaço já tem três anos. Começou como babyblog, seguiu pela minha gravidez doida afora, entrando pela vida com o Gabriel adentro e, aos poucos, passou a ser o meu diário sem chave, a minha vida partilhada com o mundo, e um pouquinho da do Hugo também. Este blog são os meus olhos.

Nunca serviu para me alimentar o ego. Nunca me trouxe gente mesquinha. Este blog só me trouxe gente do bem, malta que acompanha as minhas reflexões, crises, angústias, crises e crises sem fazer julgamento (pelo menos não na minha caixa de comentários, o que já é suficiente), sem fazer de conta que não vê quando eu falo demais, ou quando falo de menos (quase nunca). Malta que foi aprendendo a conhecer-me e que mora no meu coração, no coração do meu diário sem chave.

Adoro isto. Depois das cartas dos meus avós, é o meu maior tesouro, com a sorte de não ser algo que tenha de carregar para cima e para baixo. Vejo em muitos blogs posts como "um dia, este blog desaparecerá..." e blablablas. Duvido mesmo que este blog desapareça. Não me imagino sem escrever aqui. É a minha casa. Deixar este blog para trás é deixar a minha casa para trás.

Queria ser tão diligente com os meus 34 outros blogs, mas não se pode ter tudo.

9 comentários:

gralha disse...

Parabéns ao blogue e à autora :) Lendo tanta coisa por aí, feita para o leitor, pré-formatada e vazia, é sempre um prazer passar por cá.
E como é refrescante ouvir alguém dizer que não pensa abandonar isto da blogosfera, só porque já não é a última novidade do momento. Eu também gosto muito do formato e não arredo até ter cogumelos a nascer do cabeçalho.

Ginguba disse...

Eu não te leio há 3 anos mas, como já te disse, és uma das minhas bloguistas favoritas.
Enquanto escreveres aqui eu cá virei para te ler.
Beijo e parabéns.

JS disse...

É um prazer passar na tua casa..

Melissinha disse...

FOFONAS. Amo cada uma das minhas seis leitoras.

Naná disse...

Ainda bem que o blog veio para ficar!

Ana C. disse...

Lembro-me tão bem quando me falaste no teu blog.
Trabalhávamos juntas e eu comecei a achar piada à ideia de ter um sítio onde pudesse despejar-me à vontade.
Três meses depois, surgia o meu :)

hugo carvalho disse...

então e eu?

Melissinha disse...

Pronto.

passarola disse...

Muitos parabéns!!! Muitos aninhos mais de blog!!! :)