sexta-feira, 8 de julho de 2011

Vou a meio da Almirante Reis e já

- Entrei num centro comercial que faz o da Mouraria parecer o Beloura;

- Vi uma velha a mendigar com fotos de mortos em caixões espalhados por toda a parte;

- Entrei num restaurante 100% jalal premiado por vários guias de restaurante (não comi, não havia fallafel);

- Vim a um cyber café nos fundos de uma mercearia asiática e estou cercada (soterrada?) por caixotes de fruta estranha.

8 comentários:

Mariana disse...

Entre mim e eu, essa é, unanimemente, a zona mais horrorosa de Lisboa. É que nem o frango assado da Praça do Chile compensa.

Melissinha disse...

:) entendo, vejo porquê, mas amo-a na mesma!

Pekala disse...

até porque há bastante gente gira (eu,por exemplo) a morar por lá!Mel,chiça,andaste aqui outra vez e nem um toquezinho pra uma cafézada?????

Melissinha disse...

Foi em horas indecentes, moça, estavas a trabalhar de certeza. Ia comendo um sushi de seis euros na tua rua.

Pekala disse...

devias ter comido,dizem que é fantástico!e davas mais 5 passos e deixavas um bilhete na minha caixa do correio;)

Melissinha disse...

Já lá comi uma vez e adorei. Põe muitos de 20 eur no bolso. E a dona é uma simpatia, atraca-se logo ao meu filho.
AMO a Almirante Reis :)

We Are Not Typical - WANT disse...

quando volatares À almirante reis, apita. quero-te dar um abraço. levo-te a comer ao indiano extra picante e barato (caso o abraço não te entusiasme).

We Are Not Typical - WANT disse...

fui duas vezes com o S ao sushi de 6 euros da rua Maria não sei das quantas - a que sobe e vai dar à Damasceno Monteiro - foram duas gastros potentísimas, e só comeu massa. sempre que lá passo fico dividida entre a vontade de comer sushi barato e o medo de ter a criança doente outra vez.