sexta-feira, 25 de maio de 2012

Pairar sobre o mundo


Dizem que os gordos usam uma suposta alegria para maquilhar a falta de autoestima. Ora bem, na minha experiência (do que passo e do que vejo), não é tanto uma alegria como uma certa altivez por não estar no mesmo campeonato do comum dos mortais. Afastando-nos da competição que se passa lá em baixo, desde entre as tipas que disputam gajos no ginásio aos assobios dos homens das obras, tudo tão ridículo e pequeno para nós, vamo-nos tornando “livres”, superiores a tudo que se meça em aparência física, apartando-nos convenientemente dos nossos corpos. E quem está à nossa volta normalmente aceita, porque até é agradável ter gente “noutro campeonato” no nosso rol de relações. E falamos com vozes firmes, somos engraçados, todo mundo gosta de nós. Há pouca dúvida, há pouca fraqueza. 

Tudo falso, é claro. Tudo carapaça. 
Diante do espelho é que a verdade aparece.
E se não nos olharmos ao espelho nunca... não precisamos da verdade para nada.

Reflexão vagamente despoletada por este excelente post.

4 comentários:

gralha disse...

Aqui entre nós que ninguém nos ouve, muitas vezes tenho a sensação que é a mesma conversa de muitas mulheres a partir de certa idade, que começam com os argumentos das vantagens da maturidade e do orgulho das rugas que contam a sua História.

Melissinha disse...

Deve ser :) nos obesos é mais triste porque apanha a vida toda. Podes passar a vida toda a pairar, ou os teus supostos melhores anos a pairar.

Té F. disse...

A partir de uma certa idade ou de um nº de filhos até as magras engordam e o corpinho se transforma...como se já não bastassem as rugas! :)
É pá temos que aprender a viver com aquilo que temos :))
Melissinha também por causa da crise há cada vez menos "senhores" a trabalhar na construção civil :)
Bj

manue disse...

e outra coisa, quando somos gordos, toda a gente acha que tem direito de comentar o nosso corpo, até pessoas que não conhecemos, e especialmente as velhotas. Ai o teu rabo, ai tem de perder peso, ai está mais gorda. Hello???
Uma vez tive direito a um comentário dum condutor que parou para eu passar "é só chicha". Enfim I could go on for days.