quarta-feira, 20 de junho de 2012

dando uma de gralha

Querida Melissa de nove anos, há uma coisa ou duas que queria dizer-te e vou fazê-lo por tópicos, porque quero que retenhas tudo e aos nove anos tens coisas mais giras para fazer, especialmente se estiveres a viver na Amazônia.

- A primeira de todas é que esta fase vai passar. O que os teus colegas acham estranho agora vai ser o que te vai valer no futuro para fazeres o que mais gostas. Aguenta aí e não te vendas. A sério, és do caraças e ficaste linda com o chapéu de penas que levaste para o colégio. Com as luvas, também. Sim, mesmo nos 35 graus de Fortaleza. Não tens de mentir a dizer que tens muitos irmãos e que os teus pais têm carros caros. Tu TENS os pais mais fixes e jovens e inteligentes e fixes de todo o colégio.  E não vais ser filha única por muito tempo.
- O coro é estúpido. Caga no coro.
- Quando te disserem pela primeira vez que estás gorda, ri-te, ri-te muito. E diz-lhes para pentear macacos. Se esqueceres tudo o resto, não te esqueças disso. Aí por daqui a um ano e durante toda a tua vida, vais-te habituar a medir o teu valor pelo teu peso, porque é o que te foi transmitido e livrar-se disso é difícil.
- O Renato vai-te convidar para dançar quadrilha no 5º ano. Sim, terás de esperar dois anos para que o teu amor se manifeste, mas vai acontecer. Relaxa. Ah, e a Germana? Não lhe contes nada. NUNCA.
- Os teus pais não vão para o inferno por não irem à missa, digam o que disserem os padres. Caga nisso, relaxa, menina.

Tenho mais umas coisas a dizer-te, mas digo no ouvido, tá certo?
De qualquer forma, acredita, porque é um adulto que te diz: és linda, inteligente, original, criativa, diferente, independentemente do que te façam crer. E é assim que vais crescer. Se eu vier a ter uma filha um dia, quero que ela seja igualzinha a ti, egotrip das egotrips. Mais tarde vais perder 2/3 da graça que tens agora, por isso, brilha já.  Se puderes abrir os olhos já e não te achares uma aberração pelos anos que se seguem, seria muito bom.

Com os melhores cumprimentos,

Tu própria, já com os erros explicados.


11 comentários:

Irina A. disse...

Quem é a Germana? :D

Ana C. disse...

Eu adoraria fazer este exercício, mas tendo em conta que alguns familiares vão ao blogue, não dá.
Tens fotos da ida para a escola com chapéu de plumas?

Melissinha disse...

Não :D
Pá, tinha visto Amadeus e fiquei empolgada. Ou era Dona Beija? Não sei.

A Germana era uma miniputa, Irina.

Germana, para o caso de leres isto e seres uma tipa fixe hoje em dia (que acredito): há 25 anos, eras uma miniputa. Admite.

mm disse...

Este vosso trio (melissa, gralha e ana c.) é espectacular! E é um trio que se alarga com mais gente espectacular, só mulheres, creio.
Cada vez gosto de mais gente que não conheço.
Obrigada!

Naná disse...

ahahahah, miniputa!

Melissinha disse...

Vocês são muito gentis :) Na verdade elas é que são espetaculares, eu sou só parva e introspetiva.

Naná disse...

Melissinha... em relação ao parva e introspectiva, acho que tens que ler novamente esta carta que escreveste a ti mesma aos 9... especialmente o último parágrafo!

c disse...

Posso mudar os nomes e tirar a parte do chapéu de plumas e entregar esta carta ao meu filho de 8 anos?

gralha disse...

Ena, tanta bagagem para arrumar...

(não dá vontade de nos abraçar em pequeninas?)

Melissinha disse...

Ihh, Gralha, isso é porque não ouviste o que disse ao ouvido da mini me.

C, tás à vontade :)

Melissinha disse...

(A verdade é que a primária não foi fácil. Eu era esquisita e quase ninguém falava comigo. Demorou muito a melhorar).