sexta-feira, 22 de junho de 2012

Filosofia de botequim nº não sei bem, perdi a conta.

E quando nos dá saudades? Assim, sem complemento indireto, só saudade, mesmo, como "dor de dente"?
Sem um lugar ou uma pessoa em mente, só uma "pena de estar longe", como disse Saramago, no meio do peito, totalmente indiferenciada.

Já experimentaram isso?
Ou terá sido o jantar que me caiu mal?

5 comentários:

Naná disse...

Já, já experimentei... além do buraco no peito, é uma sensação de desconsolo enorme!

Melissinha disse...

Isso. Desconsolo :/ E não dá para procurar consolo, porque não tem origem. É parvo e circular.

Naná disse...

Muitas vezes ataca-me logo de manhã... quando acabei de deixar o miúdo no infantário...
é como uma vontade de ser pequenina e querer colinho de mãe!

Ginguba disse...

Tipo só estou bem onde não estou?

Carla disse...

o simplemente mirar la luna en la madrugada y querer estar mirándola desde el otro lado del oceano.