terça-feira, 12 de junho de 2012

A minha costela Oprah*

I feel a little peculiar round the children. For one thing, they grown. And I see they think me and Nettie and Shug and Albert and Samuel and Harpo and Sophia and Jack and Odessa real old and don’t know much what going on. But I don’t think us feel old at all. And us so happy. Matter of fact, I think this the youngest us ever felt.





* Alice Walker também me ensina muito sobre superação e perdão em praticamente tudo que escreve, especialmente nos contos. Para quem não conhece, isso aí em cima é o último parágrafo de The Color Purple. Li na adolescência e, obviamente, não conseguia ver quão feliz é este final, já que tudo que eu queria era crescer e ter liberdade e viver grandes dramas. Ainda bem que me ficou na memória, pois hoje em dia recorro muito a ele. Também eu, depois de muitos e muitos anos, nunca me senti tão nova. 

4 comentários:

Ana C. disse...

É um dos filmes da minha vida e vi-o pequeníssima. Nunca li o livro, mas adorei a frase :)

Melissinha disse...

Lê o livro, Casacón, vais gostar. E é epistolar :)

Melissinha disse...

(O filme é uma obra-prima de quase tudo, especialmente de fotografia, pelo que me lembro. E a Oprah é perfeita com a Whoopy).

Melissinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.