terça-feira, 12 de junho de 2012

Tão bom!

Sonhar com a dona Melânia ao volante de um chevette velhíssimo, só nos as duas a passear pela praia do Futuro, pelo Caça e Pesca, pelo Catolé e por tantos lugares que o meu tempo enterrou, e ela saudabilíssima, nem um traço, nem um vestígio da maldita doença - e ao contrário de todos os outros sonhos, neste, ela nunca tinha morrido.

Esta é a praia do Caça & Pesca, onde o rio encontra o mar. Chama-se assim porque tem, ou tinha, o clube de Caça & Pesca de Fortaleza mesmo ao pé, co-fundado pelo meu avô. O meu avô caçava, pescava, bebia, aventurava-se. Era um homem à Hemingway.

2 comentários:

gralha disse...

É sinal de que o subconsciente está em paz. E de que estás pronta para leituras de Verão (Hemingway só se aguenta acompanhado a gin tónico, desculpa lá).

Melissinha disse...

Eu só tenho leituras de Verão :D