quarta-feira, 20 de junho de 2012

Habitar o presente, para mim, tem sido mais ou menos assim


Olá, Melissa, esse incómodo aí abaixo do peito que estás a sentir? Sou eu, a frustração/cansaço. Não é fome*, pelo menos não é fome de comida*. Como não é fome de comida*, não adianta comer comida* para a matar. Deixa-te estar a sentir-me. A resistência só me intensifica. Comer* também.

Respira fundo e aprende a sentir-me. 
Em 20 minutos, vou-me embora. Ou menos, até. E acredita que vais estar inteirinha logo a seguir.

* substituir por fuga de eleição.

5 comentários:

Julia disse...

Muito bom.

Melissinha disse...

dificílimo.

Carla R. disse...

Caraças e se a fuga de eleição, a primeira que veio à cabeça é ir ler blogues ? Isto faz de mim o quê ? E nesse caso, porque raio ando a engordar, se nem sequer é esta a minha fuga de eleição numero 1, nem 2, nem 3 ?
Preciso de mudar de vida.

Melissinha disse...

Quem me dera ser uma gaja de respostas em vez de ser uma gaja de perguntas, Carla! - mas ler blogues é fixe.

Melissinha disse...

Ler este blogue, então, é pura vivência do presente.